sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Paulo Coelho

O escritor brasileiro Paulo Coelho nasceu em 1947, na cidade do Rio de Janeiro. Antes de dedicar-se inteiramente à literatura, trabalhou como diretor e ator de teatro, compositor e jornalista. Seu fascínio pela busca espiritual, que data da época em que, como hippie, viajava pelo mundo, resultou numa série de experiências em sociedades secretas, religiões orientais, etc. Em 1986, Paulo Coelho fez a peregrinação pelo Caminho de Santiago, cuja experiência seria descrita em O Diário de um Mago. No ano seguinte (1988), publicou O Alquimista, que - apesar de sua lenta vendagem inicial, o que provocou a desistência do seu primeiro editor - se transformaria no livro brasileiro mais vendido em todos os tempos. Outros títulos incluem Brida (1990), As Valkírias (1992), Na margem do rio Piedra eu sentei e chorei (1994), a coletânea das melhores colunas publicadas na Folha de São Paulo, Maktub (1994), uma compilação de textos seus em Frases (1995), O Monte Cinco (1996), O Manual do Guerreiro da Luz (1997), Veronika decide morrer (1998), O demônio e a Srta. Prym (2000), a coletânea de contos tradicionais em Histórias para pais, filhos e netos (2001), Onze Minutos (2003), O Zahir (2005), A Bruxa de Portobello (2006) e a compilação de textos Ser como o rio que flui (2006), que está publicado apenas em alguns países. Fez também a adaptação de O dom supremo (Henry Drummond) e Cartas de Amor de um Profeta (Khalil Gibran). Paulo Coelho vendeu, até hoje, um total de 100 milhões de exemplares e, de acordo com a revista americana "Publishing Trends", foi o autor mais vendido do mundo em 2003, com o livro Onze Minutos - apesar do livro ainda não ter sido lançado nos Estados Unidos, Japão, e mais dez países (o lançamento ocorreu apenas em 2004). Também na lista de "Publishing Trends", O Alquimista se encontra em sexto lugar de vendas mundiais em 2003. Onze Minutos atingiu o primeiro lugar em todos os países onde foi lançado, exceto Inglaterra, onde ficou em segundo lugar. O Zahir, publicado em 2005, ficou em terceiro lugar da lista dos mais vendidos da Publishing Trends, abaixo do Código da Vinci e Anjos e demônios, de Dan Brown. O Alquimista é um dos mais importantes fenômenos literários do século XX. Chegou ao primeiro lugar da lista dos mais vendidos em 18 países, e vendeu, até o momento, 35 milhões de exemplares. Este livro lhe rendeu em 2008 Prémio Guinness World Record pelo livro mais traduzido no mundo (67 idiomas). Tem sido elogiado por pessoas tão diferentes como o premio Nobel Kenzaburo Oe e a cantora Madonna, que o considera seu livro favorito. Já foi fonte de inspiração de vários projetos - como um musical no Japão, peças de teatro na França, Bélgica, USA, Turquia, Itália, Suíça. Agora é tema de duas sinfonias (Itália e USA), e teve seu texto ilustrado pelo famoso desenhista Moebius (autor, entre outros, dos cenários de O Quinto Elemento e Alien). Seu trabalho está traduzido em 67 idiomas e editado em mais de 150 países. Livros Publicados:

A Bruxa de Portobello (2007)
Ser como o rio que flui (2006)
O Zahir (2005)

O Gênio e as Rosas (2004)
Onze Minutos (2003)
Histórias para pais, filhos e netos (2001)
O Demônio e a Srta. Prym (2000)
Palavras essenciais (1999)
Veronika decide morrer (1998)
Manual do Guerreiro da Luz (1997)
Cartas de Amor do Profeta (1997)
O Monte Cinco (1996)
Na margem do rio Piedra eu sentei e chorei (1994)
Maktub (1994)
As Valkírias (1992)
O Dom Supremo (1991)
Brida (1990)
O Alquimista (1988)
O Diário de um Mago (1987)


Facebook

4 comentários:

  1. Nem uma folha sequer se move no galho de uma árvore se não for vontade de Deus!

    ResponderExcluir
  2. entao ai estar o misterio de deus da predestinaçao amem

    ResponderExcluir
  3. Hoje tens o que plantaste lá pra tras, mas o amanhá ~está em suas mãos , ,, . . .

    ResponderExcluir
  4. É possível manter-se equilibrado, se controlarmos o pensamento, a lingua, os olhos e os ouvidos. . .

    ResponderExcluir

Faça um comentário positivo..