terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Cave Um Metro a Mais

Essa história que vou lhe contar hoje é bastante animadora para várias áreas da nossa vida. Era uma vez um homem chamado David, muito trabalhador, e que tinha conseguido grandes resultados na vida,  tornando-se um exemplo de profissional e de líder, dirigindo milhares de pessoas em sua empresa. 
Atrás da sua mesa de trabalho, pendurado na parede, sempre ficou um grande quadro emoldurado de forma artística com entalhes dourados. O dito quadro trazia apenas a frase “cave mais um metro”. 
Todos os que iam até o seu escritório normalmente ficavam bastante intrigados com aquilo e lhe questionavam qual a história daquela frase emoldurada em seu escritório. Ele então narrava a sua própria história.

Há muito tempo, quando ainda era um humilde proprietário de uma pequena fazenda, alimentava um grande sonho: achar ouro em suas terras. Havia escavado uma grande mina com empregados e familiares, contudo, mesmo dedicando muito tempo e energia na mineração por vários anos, nunca tinham conseguido achar uma única pepita de ouro.

Já cansado e muito frustrado, David dispensou os trabalhadores e fechou a mina. Desistiu da mineração e começou a desenvolver uma outra área profissional.
Seu passo seguinte foi colocar suas terras e a mina à venda por um preço bem baixo, e logo apareceu um interessado com quem fechou negócio.

Semanas mais tarde, passando por uma banca de revistas, viu estampada na primeira página do jornal uma manchete com a frase: “Encontrada a maior pepita de ouro do Colorado”. Abaixo dela estava a foto de um homem com uma grande pedra nas mãos e ao fundo a mina de onde havia extraído aquela espantosa pepita. David reconheceu imediatamente que aquele rosto sorridente da foto era o comprador da sua mina. Abaixo, na entrevista, ele dizia: “se o antigo proprietário tivesse cavado apenas um metro a mais, ele mesmo é quem teria encontrado essa jazida de ouro”.

David ficou com aquela frase pulsando na mente enquanto seu corpo parecia congelado. Disse a si mesmo que era um azarado, um estúpido. Teve ímpetos de gritar de raiva.
“Se eu tivesse cavado um metro a mais, apenas mais um metro, estaria milionário hoje!

Mas de repente começou a ver de forma nova aquela realidade. Pensou: “- Já que não se pode mudar o passado, devo aprender algo com ele e seguir adiante. O que aprendo com esse acontecimento?”.
E então percebeu que o ensinamento era: cavar mais um metro. Apenas isso.
E a partir daquele dia David resolveu que cavaria um metro a mais em todas as situações. Se tivesse que estudar, estudaria um pouco mais do que o esperado. Se tivesse que se dedicar a algo, se dedicaria um pouco mais do que o planejado.

E foi assim que novas minas de ouro começaram a aparecer em sua vida em contextos diferentes e ele tornou-se um empresário muito bem sucedido, além de um cidadão exemplar e pai de família muito respeitado e amado.


Clique aqui para receber mensagens por e-mail!
Facebook

Um comentário:

  1. Olá,
    Muito acertado! Ás vezes desistimos de algo, e fica-nos aquela sensação má de que se tivessemos insistido mais um pouco, talvez tivessemos conseguido... Na verdade, nunca sabemos quando estamos perto de conseguir ou não. O melhor é mesmo não desistir e continuar a tentar, até chegarmos ao fim!
    Beijiunhos,
    Glória

    ResponderExcluir

Faça um comentário positivo..