domingo, 28 de dezembro de 2008

Pegadas Na Areia

Pegadas Na Areia..

U
ma noite eu tive um sonho...
Sonhei que estava andando na
praia com o Senhor,e através do
Céu, passavam cenas de minha vida.
Para cada cena que passava,percebi
que eram deixadas dois pares de
pegadas na areia: um era o meu e o
outro do Senhor.
Quando a última cena de minha vida
passou diante de nós,
olhei para trás,
para as pegadas na areia,e notei que
muitas vezes no caminho da minha vida
havia apenas um par de pegadas na areia.
Notei também que isso aconteceu nos
momentos mais dificeis e angustiosos
da minha vida. Isso aborreceu-me deveras,
e perguntei então ao Senhor:
Senhor, Tu me disseste que uma vez que
eu resolvi Te seguir, Tu andarias sempre
comigo, todo o caminho, mas notei que
durante as maiores atribulações do meu
viver
havia na areia dos caminhos da vida, apenas um par de pegadas.
Não compreendo porque nas horas em que eu mais necessitava de Ti,
Tu me deixastes.

O Senhor respondeu:
Meu precioso Filho, Eu te amo e jamais
te deixaria nas horas da tua prova e do teu sofrimento.
Quando vistes na areia apenas um par
de pegadas, foi exatamente aí

QUE NOS BRAÇOS TE CARREGUEI! (Autor Desconhecido)

Clique aqui para receber mensagens por e-mail!
Facebook

4 comentários:

  1. Impossível negar que esse texto fez brotar lágrimas em meus olhos...lindo!

    ResponderExcluir
  2. Este texto é de uma beleza imensa e acredito com certeza que nao foi escrito por um ser humano tal a imensa beleza...

    ResponderExcluir
  3. Esse texto me acompanha desde os meus 12 anos de idade,quando um dia numa ida ao supermercado,a procura de um caderno para a escola,vi uma capa que deveras me chamou a atençao,e la estava uma pegada na areia e esse texto lindo e inspirador,que marca qualquer um que o leia.Hoje tenho 41 anos e ate hoje ainda tenho esse caderno e esse texto gravado no meu coraçao!

    ResponderExcluir
  4. Li este texto na missa de 7ª dia do meu Pai, tinha 12 anos....e à medida que lia ia interiorizando as palavras,acalmou-me o coração e deu me paz, até hoje emociono-me cada vez que a leio ou oiço...

    ResponderExcluir

Faça um comentário positivo..